Pular para o conteúdo principal

Prefeitos de Manhuaçu e Simonésia se comprometem a cessar contratações irregulares de servidores

http://uj.novaprolink.com.br/noticias/1134064/prefeitos_de_manhuacu_e_simonesia_se_comprometem_a_cessar_contratacoes_irregulares_de_servidores

09/07/2013


A medida é resultado de Termos de Ajustamento de Conduta firmados com o MPMG. O objetivo é colocar um ponto final nessa prática das prefeituras locais
Até o final do ano, as Prefeituras de Manhuaçu e de Simonésia, na Zona da Mata mineira, deverão abrir concursos para o preenchimento de cargos públicos que estão providos atualmente por contratados ilegais. A medida é resultado de Termos de Ajustamento de Conduta (TACs) firmados entre o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e os prefeitos dos dois municípios. O objetivo é interromper essa prática das Administrações públicas locais.

De acordo com o que foi acertado entre as partes, o primeiro passo será a adequação ou correção das Leis Municipais de Cargos e Empregos Públicos, tendo em vista as necessidades das demandas do funcionalismo dos respectivos municípios. As prefeituras locais terão também que revisar contratos e dispensar todos os agentes públicos contratados de forma irregular ou que não foram aprovados em concurso público, exceto casos previstos em lei.

Além dos futuros candidatos, as medidas já irão beneficiar os aprovados no concurso realizado pelo Município de Manhuaçu em 2009. O prazo de validade do certame ainda está em vigor. Assim, os direitos dos candidatos aprovados naquele ano serão preservados e eles terão prioridade para posse.

Para a promotora de Justiça da comarca Geannini Maelli Mota Miranda, os acordos representam um marco para o município. "Historicamente, nunca houve tantos ajustes para promoção da lei e da Constituição Federal, em especial, da regra que prevê obrigatoriedade de concurso no âmbito da administração."

Autarquias
Além dos TACs ajustados com as prefeituras municipais, o MPMG firmou acordos semelhantes com duas autarquias da cidade de Manhuaçu. O Serviço Autônomo de Limpeza Municipal (Samal) e o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) deverão, até 30 de abril de 2014, revisar contratos e dispensar todos os agentes públicos contratados de forma irregular ou que não sejam concursados.

Tanto os diretores das autarquias quanto os prefeitos de Manhuaçu e Simonésia estão sujeitos a multa em caso de descumprimento das cláusulas acordadas.






Ministério Público de Minas Gerais
Superintendência de Comunicação Integrada
Diretoria de Imprensa
Tel: (31) 3330-8016/3330-8166
Twitter: @comunicacaoMPMG
Facebook: ComunicacaoIntegradaMpmg

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Prefeito Cristino sofre derrota na Câmara por unanimidade

No último dia 26 de junho de 2017, em sessão plenária da Câmara municipal de Araioses, foi derrubado o veto do prefeito pelos vereadores da lei do TFD (tratamento fora do domicilio). O projeto original de autoria do prefeito Cristino, regulamentava o tratamento apenas no Estado do Maranhão, mas sofreu emendas na Câmara por vereador Igran da base aliada que foi aprovado por todos o vereadores oposição e situação garantindo aos Araioses o tratamento em todo território brasileiro. Embora fosse um desejo do executivo manter o TFD apenas no Estado do Maranhão, embora todos saibam que a referência em saúde em nossa região é a capital do Piauí Teresina, os vereadores consciente do seu papel jamais poderiam deixar que houvesse um retrocesso, já que o município de Araioses não faz nem pequenas cirurgias. Em contrapartida o prefeito vetor a emenda mantendo o texto original, TFD, apenas no Estado Maranhão. Na sessão do dia 26 estavam presentes os seguintes vereadores: Igran, Professor Arnaldo…

SINDSEPMA, CONVOCA SERVIDORES PARA AJUIZAR AÇÃO NA JUSTIÇA PELO NÃO REPASSE DAS CONTRIBUIÇÕES DO INSS

COMUNICADO SINDSEPMA
 O SINDEPMA, vem comunicar aos sócios que se apresentem juntamente ao sindicato munidos dos documentos necessários para ajuizamento de uma AÇÃO JUDICIAL em virtude de não estar havendo o repasse previdenciário dos servidores públicos para Autarquia Federal INSS. Segue a relação de documentos necessários:
-Documentos pessoais (RG, CPF, PIS-PASESP); -Comprovante de residência; -Cópia da carteira de trabalho (somente se trabalhou com carteira assinada); -Cópia do Termo de Posse, Decreto e Portaria; -Cópia dos contracheques (se possível dos meses que não houve repasse, juntamente com o atual); -CNIS Geral (retira-se no INSS).

SINDSEPMA CONTESTA OFICIO DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO QUE JUSTIFICA O NÃO PAGAMENTO DO REAJUSTE DOS PROFESSORES

O SINDSEPMA,  ATRAVÉS DE SUA DIREÇÃO  CONTESTA O OFICIO CIRCULAR DIVULGADO PELA SEMEA (SECRETARIA  MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO  DE ARAOISES ), QUE AFIRMA NÃO TER PAGO O REAJUSTE DOS PROFESSORES EM FUNÇÃO DO MEC NÃO TER SE PRONUNCIADO ATRAVÉS DE PORTARIA ESPECIFICA. EMBORA O VALOR DO REAJUSTE TENHA SIDO DIVULGADO AMPLAMENTE NOS MEUS DE COMUNICAÇÕES E NO PORTAL DO MEC , E NOTIFICADA POR ESTE  SINDICATO ATRAVÉS DOS OFÍCIOS 01 E 07  DE JANEIRO DE 2014,   O  MUNICÍPIO NÃO REPASSOU O REAJUSTE 8,32% AOS DOCENTES NOS SALÁRIOS DE JANEIRO. DIANTE  DO OFÍCIO DIVULGADO NAS ESCOLAS PELA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO , O PRESIDENTE DO SINDICATO  CONSULTOU O MEC SOBRE  O ASSUNTO.VEJA RESPOSTA