Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2013

Mercadante pede que Câmara discuta reajuste do piso salarial dos professores

21/08/2013 - 21h31

fonte Agência Brasil

Brasília - O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, pediu hoje (21) à Câmara dos Deputados que "se debruce" sobre o reajuste do piso salarial dos professores. Segundo ele, o piso teve um reajuste de 64% nos últimos anos. "Nem sempre [os estados e municípios] conseguiram ter um aumento de receita proporcional ao aumento salarial", disse. Os aumentos não seguem nenhuma proporcionalidade específica, o que dificulta o cumprimento.

Atualmente, segundo levantamento de março da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), 13 estados cumprem o piso salarial como vencimento, ou seja, sem a complementação com gratificações. O Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) diz que os estados pagam o valor do piso aos professores com formação de nível médio na modalidade normal.

Não há um levantamento referente aos municípios. Uma das dificuldades em cumprir o pagamento é, como apontado pelo ministro, reajustes…

Dilma diz que educação terá R$ 112 bilhões dos royalties do petróleo em dez anos

19/08/2013 - 17h00 fonte:  Agência Brasil São Paulo – A presidenta Dilma Rousseff garantiu hoje (19), durante cerimônia em São Bernardo do Campo, que os recursos obtidos com a produção de petróleo serão destinados à educação e à saúde. Segundo Dilma, 75% dosroyaltiesirão para a educação e o restante a saúde. “Só seremos uma nação desenvolvida se nós utilizarmos as riquezas finitas que temos, por exemplo osroyaltiesdo petróleo e os recursos do Fundo Social do Pré-Sal, na educação. Um país do porte do Brasil só se transforma em uma nação desenvolvida se investir em educação”, disse Dilma. Ela reforçou que é preciso primeiro investir em creches, não só para garantir que as mães tenham um local seguro para deixar seus filhos enquanto trabalham, mas para garantir o acesso igualitário à educação básica, com estímulos adequados à idade dessas crianças e garantir ainda que até os 8 anos de idade todos estejam alfabetizados. Além disso, destacou a necessidade de investimentos para a melhor…

PREFEITA VALERIA CONTRATA PROFISSIONAIS SEM NENHUMA FORMAÇÃO NA AREA PEDAGOGICA COMO PROFESSORES

SINDICATO DENUNCIA : ENQUANTO O MEC ,  EXIGE A FORMAÇÃO DO  PROFESSOR   EM LICENCIATURA PARA LECIONAR.,  A PREFEITURA DE ARAIOSES CONTRATA   PROFESSORES LEIGOS ..... ESTAMOS NA CONTRA MÃO ...  SENHORA SECRETÁRIA JACQUELINE FIQUE ATENTA !   SERÁ POR ISSO QUE NÃO QUEREM PROMOVER OS PROFESSORES QUE TERMINARAM A FACULDADE? QUEREM APENAS PROFESSOR LEIGO NO QUADRO? COM A PALAVRA A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO JAQUELINE... ISTO É... OU APENAS PARA CUMPRIR PROMESSAS DE CAMPANHA JÁ QUE PROMETERAM CENTANAS DE MILHARES  DE  EMPREGOS ...  E O COMPROMISSO COM A EDUCAÇÃO ONDE FICA? eAGORA COMO FICA...!

Créditos de celular pré-pago não terão mais prazo de validade, diz Justiça

http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-08-15/creditos-de-celular-pre-pago-nao-terao-mais-prazo-de-validade-diz-justica15/08/2013 - 21h29
fonte  Agência Brasil
Brasília - A Justiça proibiu que as operadoras de telefonia móvel estabeleçam prazo de validade para créditos pré-pagos em todo o território nacional. A decisão foi tomada pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), após recurso do Ministério Público Federal (MPF) contra sentença da 5ª Vara Federal do Pará que manteve a validade dos créditos de celulares pré-pagos. A decisão deve ser cumprida em todo o território nacional, sob pena de multa diária no valor de R$ 50 mil, mas ainda cabe recurso. Para o relator do processo, desembargador federal Souza Prudente, o estabelecimento de prazos de validade para os créditos pré-pagos de celular configura-se um confisco antecipado dos valores pagos pelo serviço público de telefonia, que é devido aos consumidores. “Afigura-se manifesta a abusividade da limitação temporal…

SINDSEPMA ACIONA MINISTERIO PUBLICO PARA EXIGIR DO MUNICIPIO DE ARAIOSES REALIZAÇÃO DE CONCURSO PÚBLICO

NO DIA 24 DE JULHO DE 2013, O SINDSEPMA ATRAVÉS DE SEU PRESIDENTE PROF. ARNALDO ENCAMINHOU , OFICIO COBRANDO MINISTÉRIO PUBLICO PARA QUE TOME  PROVIDENCIAS E EXIJA DO  MUNICÍPIO DE ARAIOSES ATRAVÉS DA PREFEITA  VALERIA REALIZAÇÃO DE CONCURSO PUBLICO. JÁ QUE TIVEMOS A PREFEITA LUCIANA AFASTADA EM 2012 POR NÃO REALIZAR O CONCURSO PUBLICO. É DE CONHECIMENTO   0S PROCESSOS 490/2012( AÇÃO POPULAR0) PELO EXCESSO DE CONTRATOS;  O  TERMO   AJUSTE DE CONDUTA (TAC) NA JUSTIÇA DO TRABALHO PROCESSO Nº419/2009. HÁ NECESSIDADE EM TODAS AS ÁREAS, NA SAÚDE( QUASE TODOS OS SERVIDORES SÃO CONTRATADOS) , EDUCAÇÃO( PROFESSORES , MERENDEIRAS , AUXILIARES OPERACIONAIS, VIGIAS. O MUNICÍPIO NECESSITA PELO MENOS DE  300 VIGIAS POIS NO ULTIMO CONCURSO NÃO FOI CONTEMPLADA ESSA CATEGORIA, A GUARDA MUNICIPAL TODOS SÃO CONTRATADOS. CONCURSO PUBLICO É UM DIREITO DEMOCRÁTICO DE ACESSO AO SERVIÇO PUBLICO

FERIAS DOS PROFESSORES NÃO FORAM PAGAS. SERÁ UM CALOTE? com a palavra a prefeita valeria...

Professores de Araioses ansiosos para receber os 2/3 de ferias referente aos art. 67 do Plano de Cargo e Carreira do Magistério,  conforme anunciado para terça-ferira13/08  pelos  Secretaria de Educação, Secretario de Administração /chefe de Gabinete da prefeita valeria e pelo manim, tiveram a maior surpresa pois mais uma vez o governo valeria  não cumpre com suas obrigações. embora pudessem ser pagos a 1ª parcela de 13º terceiro em julho, a obrigação da prefeita era pagar as ferias dos professores ou pagar ambos. Mas é um governo  das contradições, um governo que busca implantar uma política de desvalorização dos servidores, principalmente dos professores, um governo na contramão da Historia, enquanto o Governo Federal, busca meios de valorizar a Educação, o governo municipal toma medidas no sentido de aborrecer os professores. Como podemos ter uma educação de qualidade se os direitos  dos servidores são lesados? O SINDSEPMA, tem  cobrado os direitos do servidores   através  ofícios…

SINDSEPMA FAZ ACORDO NA JUSTIÇA E GARANTE EFETIVAÇÃO DE 128 SERVIDORES

SERÁ QUE MAIS UMA VEZ OS PROFESSORES DE ARAIOSES SERÃO DESRESPEITADOS PELA PREFEITA VALERIA?

FONTES LIGADAS A PREFEITA VALERIA INFORMARAM  AO PRESIDENTE DO   SINDICATO QUE AS FERIAS  NÃO SERÃO PAGAS AGORA NESTA QUINZENA DE AGOSTO COMO ESTAVA PREVISTO.

 DE ACORDO COM O (ART. 67 DO PCCRMPMA  AS FERIAS  AS DOS PROFESSORES SÃO  DE 45 DIAS E REMUNERADAS  NA PROPORÇÃO DE 2/3)  E DEVERIAM SER PAGAS JUNTO COM O PAGAMENTO DE JULHO.  O PRESIDENTE EM REUNIÃO NA SEMANA PASSADA    COM A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO , SECRETARIO DE ADMINISTRAÇÃO E CONTADOR DO MUNICIPIO FICOU ACERTADO QUE AS REMUNERAÇÕES DE FERIAS PAGAS AGORA NA TERÇA-FEIRA,  MAS  FONTE LIGADAS A PREFEITA VALERIA INFORMOU QUE NÃO SERÃO PAGAS CONFORME O PREVISTO . AO TOMAR  CONNHECIMENTO DESTES COMENTARIOS O PRESIDENTE DO SINDICATO  PROF ARNALDO FICOU INDGNADO  E  JÁ ACIONOU A ASSESSORIA JURIDICA DO SINDICATO PARA  TRATAR DO ASSUNTO CASO ISSO SE CONFIRME TODOS AS PROVIDENCIAS SERÃO TOMADAS NO SENTIDO DE GARANTIR OS  DIREITOS DOS PROFESSORES NESTE CASO  ASSESSORA DEVERÁ   IMPETRAR UM IMEDIATAMNETO UM MANDATO DE SEGURANÇA  POIS TR…

PF deflagra Operação Luto no Maranhão

http://jornalpequeno.com.br/2013/08/09/pf-deflagra-operacao-luto-no-maranhao/
Do G1 MA A Força-Tarefa Previdenciária no Estado do Maranhão, composta pelo Departamento de Polícia Federal, Ministério da Previdência Social e Ministério Público Federal, deflagrou, nesta sexta-feira (9), a Operação Luto nas cidades Santa Inês e Santa Luzia do Tide, no Maranhão. A Operação teve como finalidade o cumprimento de 11 mandados judiciais de busca e apreensão expedidos pela 2ª Vara Criminal da Seção Judiciária Federal do Maranhão.  O objetivo da operação é reprimir a prática de crimes previdenciários. As investigações, iniciadas em 2008, levaram ao desbaratamento de uma quadrilha de fraudadores contra o INSS, atuante na região de Santa Luzia do Tide e Santa Inês, com participação efetiva de servidores da autarquia previdenciária, responsáveis pela habilitação e concessão indevida de benefícios previdenciários; de dirigentes de sindicatos dos trabalhadores rurais, a quem cabia a montagem dos “proces…