Pular para o conteúdo principal

Ministério Público aperta o cerco contra contratações irregulares nas prefeituras

http://www.viuonline.com.br/cidades/ministerio-publico-aperta-o-cerco-contra-contratacoes-irregulares-nas-prefeituras
27/07/2013 - 10:28:23
O Ministério Público do Trabalho está apertando o cerco contra os municípios que estão empregando mão-de-obra terceirizada, seja por meio de empresas privadas ou Oscips conveniadas de forma irregular.
No último dia 4, o MP assinou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o município de Miracema, no Noroeste Fluminense. O documento foi assinado na sede do órgão em Campos dos Goytacazes.
O município estava enfrentando a execução de uma multa no valor de R$ 368.520.000.00 por manter contratação de trabalhadores por meio da Fundação Procefet e a Invisa, a mesma Oscip que terceiriza mão-de-obra para a Secretaria de Saúde no município de Quissamã, no Norte Fluminense.
O prazo para prefeitura de Miracema executar todas as atividades constantes no TAC é de 270 dias, mas o compromisso pode ser concluído em período inferior. O município também deverá identificar desvios de funções e regularizar a situação dos servidores nas atividades para as quais foram concursados e nomeados. Para preencher as vagas relacionadas no TAC, o município terá que realizar ainda concurso público.
Caso a Prefeitura de Miracema não cumpra o acordo, estará sujeito ao pagamento de multa, assim como o prefeito. Para o gestor a multa pode ser de R$ 20.000 diariamente.

 

Quissamã contrata por empresa e Oscip


A cidade de Miracema é apenas um caso de afronta a legislação trabalhista. Em Quissamã, desde janeiro, mais de mil servidores foram contratos pela prefeitura por meio de um regime especial de contratação.
O município também terceiriza mão-de-obra por meio da empresa Working, que contratada pelo município com dispensa de licitação. Estima-se que esta empresa, desde janeiro, já tenha faturado mais de R$ 7 milhões junto a Prefeitura.
Na secretaria de Saúde, a maior parte dos servidores estão trabalhando por meio de uma Oscip, a Inviva, a mesma que atua na cidade de Miracema. Quissamã não promove concurso público a mais de 10 anos.

 Fonte: VIUOnline

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Prefeito Cristino sofre derrota na Câmara por unanimidade

No último dia 26 de junho de 2017, em sessão plenária da Câmara municipal de Araioses, foi derrubado o veto do prefeito pelos vereadores da lei do TFD (tratamento fora do domicilio). O projeto original de autoria do prefeito Cristino, regulamentava o tratamento apenas no Estado do Maranhão, mas sofreu emendas na Câmara por vereador Igran da base aliada que foi aprovado por todos o vereadores oposição e situação garantindo aos Araioses o tratamento em todo território brasileiro. Embora fosse um desejo do executivo manter o TFD apenas no Estado do Maranhão, embora todos saibam que a referência em saúde em nossa região é a capital do Piauí Teresina, os vereadores consciente do seu papel jamais poderiam deixar que houvesse um retrocesso, já que o município de Araioses não faz nem pequenas cirurgias. Em contrapartida o prefeito vetor a emenda mantendo o texto original, TFD, apenas no Estado Maranhão. Na sessão do dia 26 estavam presentes os seguintes vereadores: Igran, Professor Arnaldo…

SINDSEPMA, CONVOCA SERVIDORES PARA AJUIZAR AÇÃO NA JUSTIÇA PELO NÃO REPASSE DAS CONTRIBUIÇÕES DO INSS

COMUNICADO SINDSEPMA
 O SINDEPMA, vem comunicar aos sócios que se apresentem juntamente ao sindicato munidos dos documentos necessários para ajuizamento de uma AÇÃO JUDICIAL em virtude de não estar havendo o repasse previdenciário dos servidores públicos para Autarquia Federal INSS. Segue a relação de documentos necessários:
-Documentos pessoais (RG, CPF, PIS-PASESP); -Comprovante de residência; -Cópia da carteira de trabalho (somente se trabalhou com carteira assinada); -Cópia do Termo de Posse, Decreto e Portaria; -Cópia dos contracheques (se possível dos meses que não houve repasse, juntamente com o atual); -CNIS Geral (retira-se no INSS).

SINDSEPMA CONTESTA OFICIO DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO QUE JUSTIFICA O NÃO PAGAMENTO DO REAJUSTE DOS PROFESSORES

O SINDSEPMA,  ATRAVÉS DE SUA DIREÇÃO  CONTESTA O OFICIO CIRCULAR DIVULGADO PELA SEMEA (SECRETARIA  MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO  DE ARAOISES ), QUE AFIRMA NÃO TER PAGO O REAJUSTE DOS PROFESSORES EM FUNÇÃO DO MEC NÃO TER SE PRONUNCIADO ATRAVÉS DE PORTARIA ESPECIFICA. EMBORA O VALOR DO REAJUSTE TENHA SIDO DIVULGADO AMPLAMENTE NOS MEUS DE COMUNICAÇÕES E NO PORTAL DO MEC , E NOTIFICADA POR ESTE  SINDICATO ATRAVÉS DOS OFÍCIOS 01 E 07  DE JANEIRO DE 2014,   O  MUNICÍPIO NÃO REPASSOU O REAJUSTE 8,32% AOS DOCENTES NOS SALÁRIOS DE JANEIRO. DIANTE  DO OFÍCIO DIVULGADO NAS ESCOLAS PELA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO , O PRESIDENTE DO SINDICATO  CONSULTOU O MEC SOBRE  O ASSUNTO.VEJA RESPOSTA