Pular para o conteúdo principal

SINDSEPMA - DENUNCIA: CONTRIBUIÇÕES DOS SERVIDORES PUBLICOS MUNICIPAIS DE ARAIOSES NÃO ESTÃO SENDO INFORMADAS PARA PREVIDENCIA SOCIAL (INSS)



SERVIDORES PUBLICOS MUNICIPAIS DE ARAIOSES ESTÃO PODEM ESTÁ  SENDO  LESADO, JÁ QUE AS  CONTRIBUIÇÕES DO INSS   QUE VEM  SENDO DESCONTADAS REGULARMENTE DESCONTADAS EM SEUS CONTRCHEQUES  NÃO ESTÃO SENDO INFORMADAS PARA PREVIDENCIA SOCIAL PELA ADMINISTRÇÃO VALERIA . PARA TIRAR AS DUVIDAS SR(A) S SERVIDOR (A)S.   DIRIJAM-SE  A UMA AGENCIA DA PREVIDENCIA SOCIAL E SOLICITAR UM EXTRATO DE CONTRIBUIÇÃO, SOLICITE TAMBÉM UMA  SENHA DE ACESSO PELA INTERNET OU DIRIJA-SE A UMA AGENCIA DO BANCO DO BRASIL, VISUALIZE OUTROS EXTRATOS E DIGITE A OPÇÃO 19 EXTRATO DA PREVIDENCIA SOCIAL , VERIFIQUE AS ULTIMAS CONTRIBUIÇÕES DE JANEIRO A JUNHO DE 2013 ENVIE UMA COPIA POR EMAIL: SINDSEP.MA@BOL.COM.BR OU DIRIJA-SE A SEDE DA ENTIDADE PARA MELHORES ESCLARECIMENTOS . ASSIM PODEREMOS ESTÁ TOMANDO  CONSCIENCIA DA DIMENSÃO DO PROBLEMA E SEJAM TOMADAS PROVIDENCIAS. 

ESSAS CONTRIBUIÇÕES DO INSS E QUE GARANTE SUA APOSENTADORIA. 

O NÃO REPASSE DAS CONTRIBUIÇÕES DOS SERVIDORES À PREVIDENCIA SOCIAL CARACTERIZA  APROPRIAÇÃO INDÉBITA E É CRIME 

Código Penal - CP - DL-002.848-1940
Parte Especial

Título II


Capítulo V



Art. 168-A - Deixar de repassar à previdência social as contribuições recolhidas dos contribuintes, no prazo é forma legal ou convencional: (Acrescentado pela L-009.983-2000)
Pena - reclusão, de 2 (dois) a 5 (cinco) anos, e multa.
§ 1º Nas mesmas penas incorre quem deixar de:
I - recolher, no prazo legal, contribuição ou outra importância destinada à previdência social que tenha sido descontada de pagamento efetuado a segurados, a terceiros ou arrecadada do público;
II  - recolher contribuições devidas à previdência social que tenham integrado despesas contábeis ou custos relativos à venda de produtos ou à prestação de serviços;
III - pagar beneficio devido a segurado, quando as respectivas cotas ou valores já tiverem sido reembolsados à empresa pela previdência social.
§ 2º É extinta a punibilidade se o agente, espontaneamente, declara, confessa e efetua o pagamento das contribuiç6es, importâncias ou valores e presta as informações devidas à previdência social, na forma definida em lei ou regulamento, antes do inicio da ação fiscal.
§ 3º É facultado ao juiz deixar de aplicar a pena ou aplicar somente a de multa se o agente for primário e de bons antecedentes, desde que:
I - tenha promovido, após o início da ação fiscal e antes de oferecida a denúncia, o pagamento da contribuição social previdenciária, inclusive acessórios; ou
II - o valor da contribuição devidas, inclusive acessórios, seja igual ou inferior àquele estabelecido pela previdência social, administrativamente, como sendo o mínimo para o ajuizamento de suas execuções fiscais.

Comentários

  1. http://sindsepma.blogspot.com.br/2013/07/sindsepma-denuncia-contribuicoes-dos.html

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Procurador do município de Araioses faz declarações bombástica afirmando que advogado não tem caráter

Estamos acompanhando a via sacra dos trabalhadores do serviço público municipal de Araioses, principalmente os servidores da educação sofreu constantes atrasos de salários em gestões geralmente nos últimos meses de mandato, mas agora com o governo Cristino a situação piorou e já no segundo ano de governo está com salários e férias de professores atrasadas por falta de competência para o cargo e por confiar em uma equipe em que o próprio procurador faz declarações maculando todos os advogados de não ter caráter, não poderia ser diferente com essa administração estivesse fadada ao fracasso. 
Em suas próprias palavras o procurador do município de Araioses, não demonstrou nenhum respeito pelos professores que buscavam informações diante de uma matéria maliciosa com objetivos traiçoeiros divulgada pelo bloqueiro secretário do município, mas o bloqueiro secretário subestimou os professores logo perceberam que sua intenção era tirar a responsabilidade do governo e tentar responsabilizar o s…

Ato de reduzir salários de professoras e professores prova insensatez e crueldade jamais imaginada.

Cristino Gonçalves Um verdadeiro clima de terror tomou conta da vida dos professores e professoras araiosenses. Esse lamentável clima foi criado a partir das informações de que o prefeito de Araioses, Cristino Gonçalves de Araújo pretende reduzir o salários desses servidores já no pagamento de janeiro, que ainda não foi pago. O fato é inédito nas administrações araiosenses já que nenhum gestor, por muito ruim que tenha sido para essa categoria tomou atitude tão drástica. Redução de salário não e sim de regência foi diminuída na última gestão do prefeito José Cardoso do Nascimento – o Zé Tude (2005/2008), justificada na época pela total falta de condições de serem pagas pela prefeitura, já que esse aumento – uma jogada de marketing – de Pedro Henrique (2001/2004), algo em torno de 65% do salário dos professores no apagar das luzes de seu governo. O que o prefeito de Araioses está ameaçando fazer tem o efeito de uma bomba atômica na vida desses servidores já que todos já vivem com difi…

Vereador foi ameaçado de auditoria em sua empresa por declarar não votar em código tributário do prefeito Cristino

Circula nas redes sociais vídeo institucional da prefeitura de Araioses onde o advogado tributarista Edmundo ameaça o vereador Ingram de auditoria em sua empresa por suposta sonegação de tributos ISSQN,  referente à empresa do vereador. O fato é que vereador foi notificado pelo município, mas tudo corria normalmente em conformidade com a legislação municipal, mas no momento que o vereador se posicionou contrário ao projeto que está tramitando na Câmara Municipal , onde o mesmo se posicionou através de um vídeo contrariando os interesses do chefe do executivo. 

O tributarista Edmundo que se qualifica como advogado contratado pelo município bom de retórica tenta a qualquer preço convencer os vereadores para aprovação imediato no desespero de não conseguir  os nove votos para aprovação do projeto, apeloui para o ataque e   expôs publicamente em tom ameaçador a auditório na empresa do vereador no intuito de desmoraliza-lo, acusando o mesmo de legislar em causa própria. 


Da mesma forma foi…