Pular para o conteúdo principal

SERVIDORES DA EDUCAÇÃO DELIBERAM POR MANIFESTAÇÃO PELO NÃO PAGAMENTO DA ÚLTIMA PARCELA DO DECIMO TERCEIRA




Dia  20 de dezembro conforme determina a lei é o ultimo prazo para pagamento da segunda parcela do 13º Salários dos Servidores,  o não pagamento levou a direção do  SINDSEPMA, através do seu presidente  convocar uma reunião extraordinária em 24/12/2013 para tratar do assunto. Como sempre se fez, foi colocada a situação aos  servidores presentes  que deliberam pela manifestação  como  forma de protesto e pedido de bloqueio a ser analisado pela assessoria do entidade caso não houvesse o pagamento. O primeiro momento foi no Banco do Brasil onde se encontrava o secretario de finanças que informou que pagaria apenas  os  servidores de apoio da educação,  isso causou revolta e indignação por  parte  dos professores o que assustou  o secretário  que retornou espontaneamente para para o interior da   agência do banco, longe de alguém impedir sua saída daquela instituição bancária. O secretario solicitou  reforço policial e ao lado dos policiais  informou  ainda que estava indo para prefeitura  no entanto  a viatura da policia seguiu no sentido João Peres , numa demonstração de desrespeito com os professores.  Deixando-os de fato sem dinheiro no natal. A comitiva de servidores   acamparam  no saguão externo da prefeitura e após protesto seguiram  pelas ruas da cidade. Uma manifestação pacífica, com respeito sem destruir o nosso patrimônio publico,   apenas queríamos receber o nosso dinheiro, não somos arruaceiros, nem bandidos, somos  cidadãos de bem  que buscavam no exercício da   cidadania em conformidade com o artigo 5º da Constituição Federal.   Não há justificativa para o não  pagamento do 13º afirmou o presidente do SINDSEPMA, já que a União financia a educação do  município e já  havia disponibilizado através do  FUNDEB 23,3 MILHÕES DE REAIS ATÉ O DIA 20 DE DEZEMBRO. E deste valor, mais 1,5 milhões de reais havia sido depositado até do dia 20 de dezembro.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Prefeito Cristino sofre derrota na Câmara por unanimidade

No último dia 26 de junho de 2017, em sessão plenária da Câmara municipal de Araioses, foi derrubado o veto do prefeito pelos vereadores da lei do TFD (tratamento fora do domicilio). O projeto original de autoria do prefeito Cristino, regulamentava o tratamento apenas no Estado do Maranhão, mas sofreu emendas na Câmara por vereador Igran da base aliada que foi aprovado por todos o vereadores oposição e situação garantindo aos Araioses o tratamento em todo território brasileiro. Embora fosse um desejo do executivo manter o TFD apenas no Estado do Maranhão, embora todos saibam que a referência em saúde em nossa região é a capital do Piauí Teresina, os vereadores consciente do seu papel jamais poderiam deixar que houvesse um retrocesso, já que o município de Araioses não faz nem pequenas cirurgias. Em contrapartida o prefeito vetor a emenda mantendo o texto original, TFD, apenas no Estado Maranhão. Na sessão do dia 26 estavam presentes os seguintes vereadores: Igran, Professor Arnaldo…

Conselho do Velho Itamagu

A insegura no município de Araioses, está em um patamar insuportável, o povo já está no limite da tolerância, pois além da falta de efetivo da polícia militar, não tem apoio do Estado e principalmente do município. A guarda municipal que poderia auxiliar  a segurança no município está totalmente desvalorizada e desamparada. Como agravante tem-se a falta de iluminação pública, geral na sede e zona rural do município. O desgaste da atual administração municipal e a falta de políticas públicas para garantir os direitos constitucionais do cidadão
O abono é plausível, a falta de limpeza pública, serviços hospitalar e muitas desculpas da atual gestão já virou chacota no município Araioses. O prefeito Cristino perdeu a credibilidade e senso do ridículo quando todos sabem que o comando da sua administração está sua ex-secretária de finanças e esposa, que por força de decisão de judicial deixou de assumir a pasta de direito mas de fato está no comanda da administração. E mais uma vez o com…

SINDSEPMA CONTESTA OFICIO DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO QUE JUSTIFICA O NÃO PAGAMENTO DO REAJUSTE DOS PROFESSORES

O SINDSEPMA,  ATRAVÉS DE SUA DIREÇÃO  CONTESTA O OFICIO CIRCULAR DIVULGADO PELA SEMEA (SECRETARIA  MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO  DE ARAOISES ), QUE AFIRMA NÃO TER PAGO O REAJUSTE DOS PROFESSORES EM FUNÇÃO DO MEC NÃO TER SE PRONUNCIADO ATRAVÉS DE PORTARIA ESPECIFICA. EMBORA O VALOR DO REAJUSTE TENHA SIDO DIVULGADO AMPLAMENTE NOS MEUS DE COMUNICAÇÕES E NO PORTAL DO MEC , E NOTIFICADA POR ESTE  SINDICATO ATRAVÉS DOS OFÍCIOS 01 E 07  DE JANEIRO DE 2014,   O  MUNICÍPIO NÃO REPASSOU O REAJUSTE 8,32% AOS DOCENTES NOS SALÁRIOS DE JANEIRO. DIANTE  DO OFÍCIO DIVULGADO NAS ESCOLAS PELA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO , O PRESIDENTE DO SINDICATO  CONSULTOU O MEC SOBRE  O ASSUNTO.VEJA RESPOSTA